Cartas a Sandra

Cartas a Sandra Excerto Em tanto lugar eu poderia lembrar te Mas volto sempre ao come o da irradia o de ti H assim um pacto obscuro entre tudo o que foste at morte e a eternidade da tua juventude Porque l que tu mora

  • Title: Cartas a Sandra
  • Author: Vergílio Ferreira
  • ISBN: 9789722509718
  • Page: 184
  • Format: Paperback
  • Excerto Em tanto lugar eu poderia lembrar te Mas volto sempre ao come o da irradia o de ti H assim um pacto obscuro entre tudo o que foste at morte e a eternidade da tua juventude Porque l que tu moras, no incorrupt vel, no intoc vel do teu ser, na perfei o que um deus achou enfim perfeita quando te entregou vida para existires por ti Mas como seres jovem eExcerto Em tanto lugar eu poderia lembrar te Mas volto sempre ao come o da irradia o de ti H assim um pacto obscuro entre tudo o que foste at morte e a eternidade da tua juventude Porque l que tu moras, no incorrupt vel, no intoc vel do teu ser, na perfei o que um deus achou enfim perfeita quando te entregou vida para existires por ti Mas como seres jovem e eu conhecer te, fora da cidade do Sol da colina desdobrada sua luz do espa o de um acorde de guitarra a toda a volta no ar bom poder dizer te quanto te lembro a.

    • Ñ Cartas a Sandra || Â PDF Read by ↠ Vergílio Ferreira
      184 Vergílio Ferreira
    • thumbnail Title: Ñ Cartas a Sandra || Â PDF Read by ↠ Vergílio Ferreira
      Posted by:Vergílio Ferreira
      Published :2019-02-24T16:40:09+00:00

    1 thought on “Cartas a Sandra”

    1. Paulo está a chegar ao fim da vida. Indiferente há indiferença a que é votado pela única filha "Montei um telefone para ir a algum lado sem ir e ela agora aproveita para vir também sem vir.",refugia-se na sua aldeia, e dedica os últimos tempos da sua vida a reviver a memória da sua falecida esposa.A história desse amor é-nos contada através de cartas, nas quais Paulo recorda toda a vida em comum com Sandra, uma mulher fria, misteriosa, e de cujo amor pelo marido me fez duvidarCada car [...]

    2. "escrever-te. possivelmente irei fazê-lo mais vezes até ver se no escrever se me esgota a tua fascinação.e eu sinto-me logo tão infeliz.e digo-te não váscara sempre.há em mim uma luta entre o desejo de que te esqueça e o de endoidecer contigo"Maldito livro. Maldito livro. Que impotência. Brilhante. Sufocante. Lindo.

    3. Vergílio Ferreira é divino. Não me atrevo a classificá-lo se não for para esgotar a escala, mas a leitura deste livro deve anteceder o "Em nome da Terra" (há sobreposição de temas e ideias). A experiência deste último modifica irremediavelmente qualquer avaliação que se siga.

    4. Por vezes deprimentes, lêmos as cartas de amor de um marido sobrevivo à sua esposa morta. A memória do amor que lhe tem é superior e mais interessante do que a memória dela, como mulher. À medida que o tempo passa, a minha opinião sobre estas cartas tem vindo a melhorar, daí as 4 estrelas

    5. Lindo livro. Prosa que flui suave da boca se lida em voz alta ou sussurada em mudo. Paulo é um idólatra, um pobre espírito vazio que espera a graça não de Deus mas da esposa falecida. Triste e belo.

    6. En esta novela de Vergílio Ferreira publicada por Acantilado con traducción de Isabel Soler, el autor portugués acomete algo que concierne a cualquier lector, el duelo, pues tarde o temprano todos perdemos algún ser querido cuya ausencia nos sume en la soledad, en el dolor, que aliviamos a través del recuerdo de la persona ausente, luego a través del recuerdo del recuerdo, así Paulo, quien a través de diez cartas a su amada Sandra trata de conjurar su ausencia. Cartas que a Paulo le sirv [...]

    7. I tried to delay this to see if I could get the text that this is supposed to complement (Para Sempre) but no such luck. Anyway, Cartas a Sandra is a set of 9 letters and an unfinished one from Paulo, the protagonist of Para Sempre to Sandra after she dies, and focuses intensely of Paulo's efforts to remember her, feel her presence on his quiet and now lonely life and fight against the reality that can sometimes ruin the view he preserves of her in her imagination. It feels deeply personal and p [...]

    8. O relato de um amor, que longe de ser idilico, é belo e profundo. Uma escrita leve e de fácil leitura mas que por vezes apresenta alguma repetição de ideias visto tratar-se de uma reunião de cartas escritas separadamente. Uma exceente leitura de verão.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *