Bichos

Bichos ver s rie Grandes Livros BICHOS Miguel Torga ensina rtp artigo bichos de Bichos de Miguel Torga um universo desenhado em catorze contos onde humanos e animais partilham caracter sticas e tamb m as vi

  • Title: Bichos
  • Author: Miguel Torga
  • ISBN: 9789722021944
  • Page: 280
  • Format: Paperback
  • ver s rie Grandes Livros BICHOS Miguel Torga ensina.rtp artigo bichos de Bichos de Miguel Torga um universo desenhado em catorze contos, onde humanos e animais partilham caracter sticas e tamb m as vicissitudes da vida, colocando quest es fundamentais sobre a sociedade e a pr pria exist ncia.Este cl ssico da literatura portuguesa, foi publicado ver s rie Grandes Livros BICHOS Miguel Torga ensina.rtp artigo bichos de Bichos de Miguel Torga um universo desenhado em catorze contos, onde humanos e animais partilham caracter sticas e tamb m as vicissitudes da vida, colocando quest es fundamentais sobre a sociedade e a pr pria exist ncia.Este cl ssico da literatura portuguesa, foi publicado pela primeira vez em 1940 Cada um dos catorze contos tem uma personagem um animal humanizado ou um humano que quase animal e todos vivem em luta com a natureza, Deus ou consigo mesmo.Diferentes entre si nas suas particularidades, estes bichos , animais e humanos, est o todos na mesma Arca de No , a terra m e, irmanados numa luta igual pela vida e pela liberdade As suas hist rias, apelam interpreta o porque representam dilemas muito humanos mas partilhados quer pelos homens quer pelos animais O Homem , neste livro, mais um bicho entre os outros e n o ocupa um lugar privilegiado na cria o.Para Miguel Torga, a evolu o afastou o Homem da natureza, condenando o perdi o e, viaja com Bichos em busca da sua ess ncia selvagem, da pureza dos instintos, pondo em causa Deus, liberdade, sociedade e a rela o do individuo com elas ver mais at ensina.rtp artigo bichos de

    Proteus Theatre Company based in Basingstoke, Hampshire, UK Latest Videos View All CMS by The Escape by The Escape Cleaver Cottage B and B Andover, Bed and Breakfast in Bed and Breakfast Andover Cleaver Cottage is a charming, friendly, family run bed and breakfast business in a rural location on the edge of the picturesque village of Appleshaw just miles from both Andover and Tidworth and only a couple of miles from the A offering flexible accommodation with twin, double and family bedrooms available. Middle Wallop Middle Wallop is a village in the civil parish of Nether Wallop in Hampshire, England, on the A road.At the Census the population was included in the civil parish of Over Wallop.The village has a public house, The George Inn, a petrol station as well as The Wallops Parish Hall. amcars Our local and private hire taxi s cover the following locations Andover, Basingstoke, Winchester, Salisbury and surrounding areas Available for school runs, private hire, local trips, executive travel, station transfers, corporate travel, seaport transfers and airport transfers. Nursling Nursling is a village in Hampshire, England, situated in the parish of Nursling and Rownhams, about kilometres . miles north west of the city of Southampton.Formerly called Nhutscelle in an th century life of Saint Boniface , then Nutshalling or Nutshullyng until the mid th century, it has now been absorbed into the suburbs of Southampton, although it is not officially part of the About Us Randall Parker Foods We are a privately owned meat company processing beef and lamb Our two main processing sites are located in Powys, Wales formerly Hamers International Ian Sanderson Fabrics and Trimmings for Interior Designers Ian Sanderson is an English family business that specialises in designing and producing fabrics and trimmings for residential and contract interiors Ian Sanderson has created a collection of woven and printed textiles, mostly manufactured in Europe. Hampshire Bar Hire Bar Hire, Mobile Bars and Staff for Hampshire Bar Hire is an established, professional and fully licensed mobile bar business Our bar hire service is perfect for any occasion from private parties to corporate events and wedding receptions. Protective Masks Direct FFP Respiratory Face Masks FFP face masks for respiratory protection for asbestos work, respiratory protection against viruses and mould spores Buy ffp masks and ffp respirator mask for welding, stone work and woodwork Free shipping available Santa Dash Charity Santa Fun Runs, Jogs and Santa Santa Dash Events This is a FREE listing service for all CHARITY based fundraising SANTA DASH festive fun runs Events run by commercial operators can also be listed on santadash but a listing fee applies.

    • [PDF] ✓ Unlimited ✓ Bichos : by Miguel Torga ✓
      280 Miguel Torga
    • thumbnail Title: [PDF] ✓ Unlimited ✓ Bichos : by Miguel Torga ✓
      Posted by:Miguel Torga
      Published :2018-09-06T08:25:16+00:00

    1 thought on “Bichos”

    1. Nunca pensei que uma obra escrita no ano de 1940 fosse tão actual.O mérito desse feito é claro fruto de Miguel Torga, o único escritor que até hoje me cativou com a sua poesia e por esse motivo decidi partir para a prosa.Em 14 contos são abordados temas como o aborto, a velhice, a tourada, a amizade, a liberdade e até religião, entre muitos outros. Miguel Torga descreve os sentimentos e pensamentos dos animais de forma tão subtil que desde cedo percebemos que o objectivo não é defende [...]

    2. Foi o primeiro livro que li de Miguel Torga e a sua escrita conquistou-me logo, devido logo à nota introdutória, mas fundamentalmente à capacidade do autor de ir, gradualmente, "mudando o tom" da narração e ir tornando a coisa mais séria, começando na morte de um simples cão pachorrento e terminado num corvo que desafia a omnipotência de Deus.Apesar de se tratar de um livro de contos, dos quais não sou a maior apreciadora, todos os presentes nesta obra tinham um ponto em comum: falarem [...]

    3. "Se eu hoje me esquecesse das tuas angústias, e tu das minhas, seríamos ambos traidores a uma solidariedade de berço, umbilical e cósmica; se amanhã não estivéssemos unidos nos factos fundamentais que a posteridade há‑de considerar, estes anos decorridos ficariam sem qualquer significação, porque onde está ou tenha estado um homem é preciso que esteja ou tenha estado toda a humanidade."

    4. Já andava para ler este livro há algum tempo, depois de ter lido Novos Contos Da Montanha. Após ter visto um espetáculo de dança do grupo Dançando com a Diferença que admirei bastante, achei que tinha mesmo de ler, até para entender melhor a dança e perceber de ode vinham aquelas personagens.Foi muito interessante reconhecer no livro as histórias dos bailarinos, que segundo o diretor artístico, foram escolhidos de acordo com o seu percurso pessoal para encaixarem nas personagens.Os co [...]

    5. Trata-se de um livro de contos cuja leitura foi obrigatória na escola, o que não significa que não tivesse sido uma leitura agradável. É um clássico e um livro bastante interessante, que toda a gente devia ter na sua biblioteca.

    6. A prosa magníficamente límpida e cantarolante da natureza na sua pujança, Miguel Torga no seu melhor!The incredibly luminous and musical prose of Miguel Torga, bringing us Nature and ita Creatures in all their might and impetus.Maria Carmo,Lisbon 22 June 2012.

    7. Que adorava Miguel Torga, já sabia, mas estes contos tão rurais como inusitados deixaram-me deliciada. É dos livros que me deixaram aos risinhos ou com uma ar muito sério no comboio pois era impossível não me embrenhar nas histórias, mesmo sendo curtas. Recomendo! #mloutonoinverno2017

    8. Un portugués.Uno termina acostumbrándose a los idiomas extranjeros aunque leamos la traducción al español. Todas las historias son mis favoritas.

    9. [Review from Nov 2016]Too hard for me: this one's going back on the shelf till I learn a bit more![Review from Nov 2017]A minha mulher trouxe uma cópia bonita deste livro quando chegou aqui no reino unido, há anos. A beleza não é porque a capa e colorida ou chique, mas sim por causa da simplicidade da capa. É branca com o nome do livro em letras vermelhas e o nome do autor em letras pretas. A contracapa é completamente limpa, sem números, sem palavras, sem código de barras.Tentei lê-lo [...]

    10. Bichos é um clássico da literatura portuguesa. O grande escritor português - também poeta, teatrólogo, contista e memorialista - Miguel Torga, inventa um mundo de bichos humanizados.São catorze contos, onde o mistério da vida nos aparece no seu esplendor, perfilando bicho, homem e natureza numa comunhão fraternal, em que todas as peças são necessárias ao puzzle da vida.Bichos é, também, o retrato fiel do viver trasmontano; uma vida de suor e lágrimas, por entre escolhos e lobos, ma [...]

    11. Cando comecei a ler "Bichos" non me imaxinaba que me gustaría tanto. Tiña a idea de que era un libro menor de Miguel Torga, enfocado a lectores novos. Aí demostro que nunca antes lera nada del e que tiña pouca idea da súa obra. Ao cabo, pareceume unha estupenda colección de relatos, que casa cun tema que me interesa moito na vida e na literatura: a relación entre as persoas e o seu medio natural (ou viceversa, como neste caso). Existe moita literatura protagonizada por animais, pero neste [...]

    12. Sempre tive em casa o livro "Novos Contos da Montanha" de Miguel Torga e lembro-me de em adolescente ter tentado ler e desistido por não me ter cativado. Nunca mais tentei pegar em nenhum texto de Miguel Torga, confesso que marcada pelo preconceito de voltar a não gostar. Mas a idade é outra, o contexto é outro e desta vez surpreendi-me, apesar da leitura não ser exactamente fácil.Os 14 contos que constituem esta obra são marcados por animais quase humanizados e por homens quase animaliza [...]

    13. Este foi o primeiro livro que li de Miguel Torga, e não posso dizer que fiquei entusiasmada, de todo. Estava com bastantes expectativas, pois sempre ouvi falar muito bem sobre as obras deste autor mas, ou escolhi a obra errada para começar ou sou mesmo eu que não me sinto atraída pela sua escrita.A narrativa é bastante maçadora, apesar dos contos serem interessantes (tal como a sua perspectiva), mas de uma maneira geral agradeci o facto de os contos serem pequenos, senão não sei como ser [...]

    14. Livro de contos que líamos obrigatoriamente na escola. Também os líamos por prazer.Apreciei vários, "Miúra". O TOURO enfrenta com dignidade o HOMEM."Miúra" representa os mais fracos, os humildes, os vencedores!Um clássico que tem de ser preservado. Não há tecnologia que minimize Torga Haja vontade de contar e arte de saber contar.

    15. Num deambular meio perdido numa feira do livro, encontrei este quase oferecido. Um achado imperdível.Miguel Torga humaniza a bicharada numa série de contos que transmitem problemas bem reais do meio transmontano.Torga tem uma escrita formidável, e é dos livros mais cativantes que alguma vez li.

    16. Um livro de contos, na sua maioria sobre a morte de animais irracionais.O livro lê-se bem, a escrita é fluída, se bem que por vezes o estilo é um pouco datado.No geral gostei, apesar de a maior parte dos contos ser algo macábro e bastante mórbido

    17. O prefácio é uma obra de arte.Contos que mais gostei:BamboCega-RegaMiuraVicenteMenções Honrosas:TenórioLadinoSenhor Nicolau

    18. Bichos é o retrato fiel do quotidiano transmontano. Uma vida pautada de suor e lágrimas, por entre vales e lobos, mas sempre repleta daquela alegria de ser simples, de viver em comunhão total com a natureza, em fusão permanente com os elementos. Miguel Torga fez desta obra um testemunho inigualável da união natural entre os Homens e os bichos. Entre os dois, a terra, o denominador comum que lhes dá vida. No trabalho, nas paixões ou nas dores, os bichos compartilham com os homens as esper [...]

    19. Sinto-me dividida nesta minha opinião.Se por um lado como amante de animais senti-me incomodada com alguns dos contos, por outro entendo que em 1940, data em que foi publicado este livro pela primeira vez, existissem pessoas que vissem nos seus animais de estimação apenas um ser com o objetivo de ser útil ao "seu dono".No entanto é curioso que Torga tenha optado por colocar esses ditos seres irracionais (que na minha opinião são por vezes mais racionais que alguns seres humanos) como narr [...]

    20. Torga não tem a escrita fácil da cidade e escreve com terra, como um lavrador que capta a beleza do natural. Dá-nos a conhecer contos sobre animais que vivem os dramas dos humanos, o caso de Miúra um touro que enfrenta a morte na tourada e não percebe esse jogo fatal em que o meteram, Vicente, corvo que se insurge contra o criador e demonstra a obstinação e a vontade maior de sair da arca de noé e descobrir terra, e homens e mulheres que são bestas puras, como Madalena que dá à luz um [...]

    21. Decerto que muita coisa me escapou pelos meus olhos desatentos e inexperientes de leigo da Literatura, e contudo não pude deixar de sentir a "humanidade" aludida na introdução. Mais até, este livro compõe um verdadeiro "ecossistema" (fantasticamente literal e metafórico) de contos que de animais só mesmo os nomes, as personagens tão fundidas estão na perspectiva e entendimento humano para criar empaticamente uma forma de percebermos o seu viver e existir que nos devolvem pelo distanciam [...]

    22. "חיות", מיגל טורגההוצאת כרמל, 2008, 115 עמ`"שד משחת התרנגול שלך! מחלק פקודות על ימין ועל שמאל, וטוחן את כל התרנגולות בכפר אחת אחרי השניה"נאום זוליה פירסש לבעלת המשק. טנוריו הקשיב לדבריה וארשת צנועה על פניו. בתוך תוכו התמוגג, כמובן, מנחת. מי אינו אוהב לשמוע את שבחי גברותו?אוי, הלוואי רק [...]

    23. Uma releitura, na tentativa de sair do marasmo literário dos últimos meses. Não sei quantos anos se passaram desde que peguei neste livro pela primeira vez, apenas sei que gostei imenso do livro quando primeiro o li e que, embora a re-leitura tenha sido agradável, não foi tão impressionante como da última vez. Há contos favoritos que se mantêm e que continuam a ter o mesmo impacto(Nero e Madalena), outros que se esquecem mal se vira a folha, mas ainda assim, "Bichos" é um bom exemplo d [...]

    24. Resolvi ler este livro, porque nunca tinha lido nada de Miguel Torga e achei que um livro que faz parte do Plano Nacional de Leitura (PNL) era um bom ponto de partida.No entanto, e apesar de ter partido para a leitura sem nenhumas expectativas, não gostei do que li.É um livro de contos, cujo tema principal é a morte de animais.Lê-se rapidamente, mas não gostei. Achei que as histórias não faziam grande sentido e mostravam uma crueldade para com os animais, que não fui capaz de ultrapassar [...]

    25. Book with several short stories some told by animals other by humans in a countryside environment.The author starts the book by welcoming the reader and making it part of it. The reason for that becomes apparent when reading the first half of the stories. The stories are very dark, having a strong tension resembling a bit of Kafka's Metamorphosis or Suskin's The Pigeon. It requires some pause in between themThe other half are more easily read, all very realistic, with a deep human sense.In all o [...]

    26. Ler tudo em:aminhaleituras/201A morte e um tema que atravessa toda a obra, nas suas mais variadas formas: o assassínio, a morte por divertimento, a morte por crueldade, a morte por piedade, a morte por abandono, o nado-morto. Torga presenteia-nos com um cenário serrano ao longo destes contos, pontuado com excelentes passagens, que nos fazem refletir, algumas, e outras com uma certa dimensão humorístico-irónica.

    27. Não consegui terminar o livro e isto não me costuma acontecer mas, este não consegui mesmo continuar.Lamento sobretudo pelo facto de ser de um autor português super conhecido e aclamado. Compreendi a mensagem que o autor gostaria de passar mas, ao longo da leitura, fui achando tudo muito repetitivo e com o seu quê de mórbido. Efectivamente, a leitura não estava a ser prazerosa.

    28. A Arca de Noé, como o autor refere o seu livro, é esse manto de experiências sem as quais ninguém pode reclamar ter vivido as coisas do seu tempo, seja homem ou bicho. Sejamos seres livres.Ler mais em Acrítico - leituras dispersas

    29. "Vencera todos os obstáculos dum árido caminho, sem ajuda de ninguém. No fim do esforço. nem sequer essa vitória via reconhecida. Por isso, nada devia aos outroa, e nada lhes daria, a não ser a beleza daquele hino gratuito."

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *